Friday, June 18, 2010




"The poet is a faker


 Who's so good at his act
 He even fakes the pain 
 Of pain he feels in fact."   [ Fernando Pessoa]





Why is that that the most amazing thoughts come out of the saddest moments? They just jump out of my infra-ego, carrying enough soul with them to give me goosebumps, slip through my fingers straight to the paper, begging to be transposed into phrases, paragraphs, stories. And, after all this process passes and I go back to read all those sentences predicated with saddness, I wonder how much pain I was carrying to actually be able to feel that. Because the me who reads those broken words is not the same me who wrote them. My own hurtful conjugated verbs and tearful adjectives from yesterday don't mean anything to me anymore as I read them right now. 

10 comments:

  1. A gente precisa de um motivo pra escrever. A alegria já é possível transcrever só por atitudes, a tristeza não; ela precisa ser mastigada, sofrida, entendida, compreendida, refletida. A tristeza é um motivo para escrever. E você escreve procurando um motivo para sua tristeza, porque você precisa de um motivo claro para estar triste. Embora não precise de um motivo claro e concreto para estar feliz. Após encontrar o motivo, você relê o texto e percebe a tempestade feita, o tempo perdido, as lágrimas desperdiçadas.. :/

    ReplyDelete
  2. Exatamente isso... tipo, essa foto transparece exatamente o que eu queria dizer. Tipo, a parte preto e branco, toda feia assim seria como eu me sinto de verdade e a parte linda e colorida seria como transparece o que eu escrevo. Tipo, sentir eh extremamente foda, mas, quando escrevemos, a tristeza se torna uma coisa tao bela e tao poetica, sabe? Dai, quando eu leio algo que eu mesma escrevi, nao consigo sentir a tristeza que ha por tras das palavras...

    ReplyDelete
  3. Poetização da tristeza. Eu acho que é por isso que eu odeio poetas. Odeio esse negócio de ver as podridões do mundo como algo belo e admirável. Meu filho, não quero admirar isso não, pelo contrário, quero eliminar daqui, sai. Acho que é daí que nasce a depressão. A pessoa acha que é belo e poético viver triste. É que nem eu disse, não consegue transcrever a alegria, daí faz da tristeza algo belo pra ter o que dizer.
    Enfim, nada a ver com seu post o que eu disse :/

    ReplyDelete
  4. Tem sim, cara... tem tudo a ver com a foto e a frase do Pessoa... eu soh acrescentei o fato de que eu rebusco tanto a minha propria dor que, quando releio algo que eu escrevi quando eu estava extremamente triste, jah nao sinto mais nada, porque parece que nao tem mais sentido pra mim, sabe? ):

    ReplyDelete
  5. Não tenho opinião formada sobre isso :( mas sei que os melhores textos saem dos piores sentimentos: ódio e tristeza. Escrever sobre felicidade faz a gente soar retardado ou, pior ainda, é muito fácil ser clichê! :/

    ReplyDelete
  6. Sim... mas, as vezes, me da vontade de ler alguma coisa feliz for a change ):

    ReplyDelete
  7. hahaha Nossa, eh verdade! rsrsss Mika eh otimo em poetizar coisas saltitantes e felizes! *.* AWESOME recommendation, lil sista!

    ReplyDelete
  8. I'M AWESOME. UAHAHAHUHUAHAHUAHUAUAHUA Na verdade, vei, eu, sinceramente acho, que ele é o ÚNICO que consegue fazer isso: poetizar coisas felizes e saltitantes e ficar massa e legal e YEEEEES!

    ReplyDelete
  9. TOTALMENTE verdade cara! hahaha Pior que eu tinha as musicas dele todas no itouch... agora jah to baixando os cds de novo que me dei conta de que nao tinha aqui! QUE ABSURDO!

    ReplyDelete

Spread it!